União SP e Jornal Acontece Agora doam 1.500 cestas básicas para comunidades carentes da Zona Leste SP

A União SP, organização social sem fins lucrativos está fazendo uma  grande campanha de doação de alimentos a quem precisa, graças à generosidade de muitos empresários que doam de forma anônima para esta organização. Na Zona Leste, a União SP conta com o apoio logístico do  Jornal Acontece Agora em São Miguel Paulista e região para alcançar de forma seletiva as pessoas que mais precisam de ajuda.

Nesta semana o jornal, que é dirigido pelo jornalista Divaldo Rosa, recebeu 1.500 cestas básicas da UniãoSP, que foram todas distribuídas na região de São Miguel, Jardim Helena, Itaim Paulista, Vila Curuçá, Vila Jacuí, Ermelino Matarazzo, Itaquera, Guaianases, Penha e Cidade Tiradentes.

Para alcançar as pessoas com reais necessidades de ajuda, o jornal contou com a participação de 60 entidades, organizações religiosas e lideranças comunitárias espalhadas no território.  Todas as entidades e lideranças verificaram as suas demandas emergenciais e enviaram as suas listas para o jornal Acontece Agora. Infelizmente o jornal não conseguiu atender nem a metade da demanda levantada, mas conseguimos suprir 1500 famílias com uma cesta básica.

De acordo com dados do IBGE, 10,3 milhões de brasileiros passam fome. Com a pandemia, o aumento do desemprego e das desigualdades, o problema tem se agravado e iniciativas como essa, tem amenizado o sofrimento de milhares de pessoas. 

“Fico muito feliz de poder participar de um projeto humanitário tão importante. A UniãoSP já doou 9 mil toneladas de alimentos alcançando quase 3 milhões de pessoas,  contando apenas com o apoio de empresários abnegados que ajudam de forma anônima para manutenção desse projeto de grande alcance social. Aqui na Zona Leste estamos colaborando na logística e distribuição para esses alimentos chegar mais rápido na mesa de quem precisa”, disse Divaldo Rosa.

A região denominada Zona Leste 2 nos levantamentos estatísticos da prefeitura de São Paulo possui uma população estimada de mais de 2,5 milhões de habitantes ( 2,38 pelo censo do IBGE de 2010). Essa região possui a mais baixa renda per capita da cidade de São Paulo, com pior infraestrutura e com a maior incidência de pobreza (63,9% da população) e o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

 “Essa é a oportunidade de abrirmos o nosso coração e contribuirmos para um mundo melhor. Acreditamos que essa ação será um marco não só para para todos os participantes. Creio que somos apenas um elo a mais dessa grande corrente do bem que está se formando e é isto que Deus espera de cada um de nós: ajudar o próximo a passar por esse momento tão difícil”, finaliza Divaldo Rosa.

Matéria originalmente publicada pelo Jornal Acontece Agora. Clique aqui e visualize o seu conteúdo completo.

Os comentários estão encerrados.

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: