CUFA realiza projeto “Mães da Favela” no Itaim Paulista

A Central Única das Favelas (CUFA) realiza desde o início de 2020, no Itaim Paulista, o projeto “Mães da Favela”, com o objetivo de mobilizar a sociedade a auxiliar as mães solos de favela no enfrentamento dos impactos da pandemia.

O programa contempla com uma bolsa de R$ 240 mensais as mães solo moradoras desses territórios. No ano de 2020, cerca de 1,3 milhões de famílias foram atendidas, impactando mais de 5,5 milhões de pessoas, entregando quase 20 toneladas de alimentos e mobilizando quase R$ 170 milhões, em mais de 5 mil favelas de todo o Brasil. 

O Itaim Paulista é o maior distrito da Zona Leste, com cerca de 300 mil habitantes, além disso, faz divisa com três municípios da Grande São Paulo: Itaquaquecetuba através da Avenida Marechal Tito, Ferraz de Vasconcelos pela Rua Tibúrcio de Sousa ou Avenida Itajuíbe, e Poá por uma ponte que passa sobre o córrego Três Pontes e Guarulhos.

Para o coordenador da CUFA, no Itaim Paulista, Emerson Silva (foto), “o projeto já atendeu milhares de famílias com cestas básicas, frango, hortaliças e produtos de higiene e limpeza. Com a ajuda de parceiros, realizamos também a entrega de 5 mil chips de celular com internet, ligações e whatsapp livres, facilitando assim, os estudos das crianças que estão em casa. Ao todo entregamos mais de 500 mil chips em todo o Brasil”.

De acordo com dados oficiais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 11% da população da cidade de São Paulo, ou seja, 2.162.368 de pessoas moram segundo o governo, em “assentamentos subnormais”.

A CUFA promove atividades nas áreas da educação, lazer, esportes, cultura e cidadania, como grafite, DJ, break, rap, audiovisual, basquete de rua, literatura, além de outros projetos sociais. “No Itaim Paulista são oferecidas mentorias de segurança e eletricidade residencial, a fim de capacitar os moradores não só a evitarem incêndios em suas casas, mas também, terem condições de ganharem um dinheiro e saírem do assistencialismo. Tudo isso é voltado para as pessoas da Favela”, conta Emerson.

Uma das beneficiadas pelo projeto na região, é a moradora Adriana Regina do Nascimento. Ela possui 3 filhos, sendo um deles autista, e a CUFA tem ajudado a família não só com a alimentação, com a doação de cesta básica, além de ovos, frango, entre outros, mas também com livros para ajudar no aprendizado da criança. “Eles são maravilhosos, vem nos ajudando deste o início da pandemia. É um trabalho sério, extremamente importante para a comunidade e de ajuda a quem precisa”, conta.

Entre os principais projetos da instituição destacam-se o Hutúz Rap Festival, maior evento de hip-hop da América Latina, a LIBRA, Liga Internacional de Basquete Rua, e a Taça das Favelas, maior campeonato de futebol entre favelas do mundo.

“Acho muito importante o projeto da CUFA, que é voltado para as comunidades e favelas na periferia da cidade de São Paulo, em especial no Itaim Paulista, onde temos várias comunidades, como as do Jardim Robrú, Vila Curuçá, entre outras. Vale ressaltar, outras iniciativas, como a doação de cestas básicas realizada pelo Jornal Acontece Agora em parceria com a União SP. Esse tipo de ação tem ajudado as comunidades mais carentes, porém é necessária também a participação do poder público municipal, estadual e privado, para atendermos tantas demandas”, finaliza o jornalista Divaldo Rosa.

Faça a sua doação através do e-mail: doacaocufaitaim@gmail.com

Matéria originalmente publicada pelo Jornal Acontece Agora. Clique aqui e visualize o seu conteúdo completo.

Os comentários estão encerrados.

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: