Uma grande onda de Solidariedade se espalha pela Zona Leste de São Paulo

Nesse momento de grave crise causada pela pandemia do Covid-19, uma grande onda de solidariedade está varrendo a Zona Leste de São Paulo, de ponta a ponta, com o surgimento de diversas Organizações Sociais voltadas para distribuição de alimentos com destaque para a União SP, União BR, CUFA, Gerando Falcões, entre outras, que estão dedicando-se integralmente a buscar recursos de doadores no meio empresarial e repassar para as comunidades carentes.

Segundo uma pesquisa realizada pelo DataFavela, mostrou que sete em cada 10 famílias tiveram a renda reduzida após a pandemia de coronavírus. Isso se dá porque 47% dos moradores trabalham como autônomos e somente 19% têm carteira assinada. A pesquisa foi realizada com 1,2 mil moradores de 262 favelas do Brasil.

Na Zona Leste, o Jornal Acontece Agora em parceria com a Organização Social UniãoSP, realizou somente este ano, a entrega de 5 mil cestas básicas, que além de alimentos, como arroz, feijão, macarrão, contêm itens de higiene, para que os beneficiados possam também se defender da ameaça do vírus. Já as doações são canalizadas para as comunidades através de 70 organizações sociais, entidades religiosas e líderes comunitários que prestam trabalho voluntário em suas comunidades. 

As doações do mês de maio foram realizadas em comunidades, ocupações e favelas com graves necessidades humanitárias como Favela do Rodoanel (São Mateus), Favela Maravilha, Terra Sol Nascente e Pedra Branca (Cidade Tiradentes), Favela Jagatá, Água Vermelha e Jardim Robrú (Itaim Paulista), Ocupação da Pedreira (Guaianases) e Jardim Pantanal (São Miguel Paulista).

Dados estatísticos da Prefeitura de São Paulo, apontam que chamada “Zona Leste 2” possui uma população estimada de mais de 2,5 milhões de habitantes ( 2,38 pelo censo do IBGE de 2010), com a mais baixa renda per capita da cidade de São Paulo, a pior infraestrutura e maior incidência de pobreza (63,9% da população), além do menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

“Quem tem fome, tem pressa é o slogan da campanha da UniãoSP em parceria com o Jornal Acontece Agora de São Miguel Paulista. Decidimos investir o nosso conhecimento, tempo e credibilidade nesta campanha humanitária, em vez de ficar lamentando as perdas causadas pela pandemia. Ao contrário, estamos indo para as comunidades fazer o bem sem olhar a quem e dando um outro significado para as nossas vidas. Somos apenas um pequeno elo de uma grande corrente do bem, que tem como timoneiros os empresários anônimos que doam para a UniãoSP. Com esta parceria já doamos mais de 60 toneladas de alimentos, na Zona Leste de São Paulo”, disse o jornalista Divaldo Rosa, fundador do Jornal Acontece Agora. 

Outras Doações de Marmitex e Cestas Básicas

Muitas organizações sociais e grupos de voluntários estão atuando  diretamente  no combate à fome, através de doações de marmitex em comunidades carentes, favelas e principalmente para os moradores de rua. Somente na região conhecida por Extremo Leste existem centenas desses grupos e associações fazendo esse lindo trabalho de dedicação ao próximo e para ilustrar esta reportagem, vamos citar a experiência de alguns grupos que estão dedicando-se a esta nobre causa.

O GEA – Grupo Esperança e Amor da Vila Curuçá distribui semanalmente cerca de 280 marmitex nos bairros de São Miguel, Itaim Paulista e Jardim Helena e mensalmente distribuem cerca de 80 cestas básicas para famílias carentes cadastradas – Fone para doações: 97184-6953 – Milton 


Assocam- Associação Camélias distribui 200 marmitex diariamente em parceria com a SAS Secretaria Municipal de Assistência Social. Nesse mês entregou 316 cestas básicas doadas pela Cruz Vermelha e já entregou neste ano cerca de 500 kits mercado, kit higiene, kit alegria com doces etc. Fone para doações: 947518792 – Idevanir.


O Grupo Voluntários Nota 10 reúne pequenos comerciantes de São Miguel através de um grupo de whats e entrega cerca de 200 marmitex todas as semanas em bairros carentes de São Miguel. Além disso, o grupo de voluntários faz outras ações sociais como a entrega de cestas básicas. Fone para doações: 95961-4486 – Paulo Roberto


A Associação Clube de Mães do Jd. Pantanal entregou neste mês cerca de 500 cestas básicas com apoio da Cruz Vermelha, Educafro e Fundo Social. E distribui também marmitex na comunidade do Jardim Pantanal – Fone para doações: 960480033 – Graça.


O Projeto Resgate Lo-debar fica em São Mateus e tem um trabalho de resgate de pessoas em situação de rua, oferecendo atendimento social, psicológico e encaminhamento para Casas de Recuperação. Além disso, a associação mantém todas as semanas o Projeto Garagem, onde faz  distribuição de verduras, frutas e outros alimentos doados pelo CEASA. Fone para doações: 94738-2910 – Pastor Naldo  


A Associação Mayla Luiza do Camargo Velho – Itaim Paulista distribui cerca de 300 marmitex para as comunidades e moradores de rua, próximo à Estação de Trem do Itaim Paulista.A associação não tem convênio e suas doações vêm dos moradores do bairro. Fone para doações: 98493-2846 com Cláudia


A Ong Casa de Marias de São Mateus trabalha com dependentes químicos e outras drogas, atendimento a famílias em situação de vulnerabilidade com cestas básicas, roupas, calçados, distribuição de leites para crianças portadoras de necessidades especiais, distribuição de  marmitas, produtos de higiene etc. Fone para doação: 11998260509- Miss. Ivone.

Matéria originalmente publicada pelo Jornal Acontece Agora. Clique aqui e visualize o seu conteúdo completo.

Matéria originalmente publicada pelo Portal Construir Resistência. Clique aqui e visualize o seu conteúdo completo.

Um comentário em “Uma grande onda de Solidariedade se espalha pela Zona Leste de São Paulo

Os comentários estão encerrados.

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: