Subprefeito da Freguesia/Brasilândia, Sérgio Rodrigues Gonelli é o quarto entrevistado da série especial do Jornal SP Norte

O quarto entrevistado da série especial do SP Norte é o Sérgio Rodrigues Gonelli, que atualmente está à frente da Subprefeitura da Freguesia/Brasilândia.

Ele é empresário, casado e pai de três filhos, nascido e criado na Vila Brasilândia. Possui experiência no terceiro setor com forte atuação em projetos sociais na zona norte de São Paulo, desde 1991. Atuou na Alesp (Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo) entre 1995 a 2019, no gabinete do deputado Celino Cardoso. Foi presidente da Associação dos Moradores e Proprietários do Distrito de Vila Brasilândia de 2009 a 2016 e mantenedor de duas creches conveniadas, CEI Arca da Aliança e CEI Firmando Passos.

Atuou como chefe de gabinete na subprefeitura Jaçanã Tremembé, antes de assumir o cargo de chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho. Bacharel em administração com larga experiência na gestão pública, Serginho prioriza o diálogo com a comunidade, organizações sociais, lideranças, conselhos e a sociedade civil, pois acredita que a participação social faz parte da construção de uma administração mais assertiva com base sólida e permanente.

O próximo e último entrevistado da série especial do SP Norte será o Roberto de Godoi Carneiro, da Subprefeitura Vila Maria Vila Guilherme. O conteúdo estará disponível no próximo dia 05/07.

Confira a entrevista do subprefeito Sérgio Rodrigues Gonelli

Jornal SP Norte:  Quais as prioridades que estão sendo executadas nos trabalhos de zeladoria da subprefeitura atualmente, e como o cidadão pode solicitar tais serviços?

Sérgio Rodrigues Gonelli: Diariamente esta administração regional realiza varrição e capinação nas ruas, pintura de guias e lavagens de logradouros, limpeza nos córregos, galerias e bueiros, podas de árvores, limpeza e cuidados nas áreas ajardinadas com corte do mato e plantio. Em maio, passa a contar também com o serviço de concreto usinado para construção de sarjetões.

Os munícipes devem fazer as solicitações de serviços de zeladoria por meio do canal oficial da Prefeitura, pelo Portal 156 (https://sp156.prefeitura.sp.gov.br/portal) no aplicativo SP156 e via central de atendimento telefônico no número 156.

Jornal SP Norte:  O descarte irregular de lixo é outro grave problema em toda cidade. Como a subprefeitura vem enfrentando essa prática?

Sérgio Rodrigues Gonelli: Além das limpezas diárias com equipes de varrição e lavagem de ruas e praças, realizamos constantes ações de conscientização ambiental com explicações para comunidade e entrega de informativos para os moradores, além de revitalizações de pontos de descartes viciados com plantios de árvores e plantas, grafites ou mesas e banquinhos. Conta com o apoio das equipes Limpa SP e Loga para esclarecer dúvidas da população. O ponto viciado localizado na Rua João Cosmo dos Santos, altura do 240, Vila Icaraí, na Brasilândia, recebeu mesa, banquinhos, plantas e foi feita ação ambiental com a comunidade.

Jornal SP Norte: Em relação aos moradores em situação de rua? Como é feito esse trabalho na Subprefeitura?

Sérgio Rodrigues Gonelli: A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), por meio do Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS), realiza busca ativa para abordar pessoas em situação de rua e oferece acolhimento nos equipamentos da rede socioassistencial. Importante ressaltar que o aceite é voluntário.

A população também pode ajudar solicitando uma abordagem social pela Central 156 (ligação gratuita, nas opções 0 e em seguida 3). O acionamento da abordagem pode ser anônimo, é importante informar o endereço da via em que a pessoa em situação de rua está (o número pode ser aproximado), citar pontos de referência e características físicas e detalhes das vestimentas da pessoa a ser abordada.

Jornal SP Norte: Os chamados “pancadões” são um tormento para todos os moradores da cidade, e ainda mais neste período de pandemia. Quais ações são realizadas pela Subprefeitura no combate a essa prática?

Sérgio Rodrigues Gonelli: As Subprefeituras participam de ações nos chamados pancadões em apoio à Polícia Militar para fiscalizar e autuar estabelecimentos comerciais, as equipes fiscalizam diariamente se os estabelecimentos estão cumprindo as legislações municipais, com apoio da GCM e da PM.

Jornal SP Norte: Quais projetos de zeladoria e obras a Subprefeitura pretende realizar a partir do 2º semestre deste ano?

Sérgio Rodrigues Gonelli: Desde o dia 25 de maio, teve início mutirão de limpeza, capinagem e pintura de sarjeta nas avenidas Elísio Teixeira Leite, Itaberaba, João Paulo I, Miguel Conejo, Penha Brasil, Ministro Petrônio Portella, Fuad Lutfala e Cantídio Sampaio. A primeira etapa vai até 09 de outubro.

De janeiro a abril deste ano, a Subprefeitura Freguesia/Brasilândia fez a reforma de cerca de 151 bocas de lobo e poços de visitas, inclusive com troca de tampas, e limpou cerca de 10.896 metros de extensão de córregos, com a retirada de cerca de 72 toneladas de detritos.

Em relação às árvores da região, no mesmo período, foram 941 podas. Também foram tapados 1.291 buracos.

Matéria originalmente publicada pelo Jornal SP Norte. Clique aqui e leia o conteúdo completo.

Os comentários estão encerrados.

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: